fbpx

A ergonomia é a ciência que estuda as adaptações do posto de trabalho, com o objetivo de contribuir para uma melhor qualidade de vida e da atividade laboral.

É habitual ouvirmos falar sobre o tipo de cadeira, quando se trata de um profissional que está maioritariamente sentado num escritório, ou então, da distância a que se encontra o ecrã do computador, no entanto, para um motorista, seja ele de veículos pesados de mercadorias ou de passageiros, a posição de condução é também um tema que merece destaque, por questões relacionadas com o conforto mas, também por outras, relacionadas com a segurança e saúde.

Inevitavelmente, a forma como nos sentamos ao volante, influencia o modo como desempenhamos a tarefa da condução, em particular, nos veículos de grandes dimensões.

Deixo-te algumas dicas:

  • Ajuste dos bancos
    • O banco deve ter um ângulo entre 100 a 120 graus.
  • Posição do volante
    • Praticamente todos os veículos já têm regulador no volante, tanto na profundidade como na inclinação, para que seja possível a visualização de todo o painel de instrumentos. Idealmente, depois do banco ajustado, sugere-se que o condutor estenda os braços de modo a que os pulsos assentem sobre a parte superior do volante.
  • Cinto de Segurança
    • Apesar de ignorado por muitos motoristas, praticamente todos os veículos estão equipados com ajuste do cinto de segurança, de acordo com a altura. A fita superior do cinto deve passar pelo ombro e, a do abdómen deve ficar bem firme, para que, em caso de impacto, o corpo não seja projetado para a frente.
  • Espelhos
    • Os espelhos têm uma importância extrema na condução e, devem estar regulados para que o motorista não seja obrigado a fazer grandes movimentos para conseguir visualizar rapidamente tudo o que se passa em redor.
  • Corpo
    • Cabeça
      • Manter a cabeça apoiada no encosto de cabeça é o ideal para conseguir evitar tensões musculares e prevenir o “efeito chicote”.
    • Mãos
      • É habitual dizer-se que a posição ideal das mãos é a de 10h10, imitando os ponteiros de um relógio. O motivo prende-se com a liberdade para manusear o volante com firmeza e rapidez em situações de emergência.
    • Coluna
      • A lombar deve estar apoiada nas costas do banco.
  • Pernas e pés
    • A utilização contínua dos pedais origina um esforço considerável que pode notar-se ao fim de algumas horas. Idealmente, deve manter os calcanhares assentes no chão do veículo e os joelhos ligeiramente fletidos.