fbpx

Acontece-lhe ressonar?

Conhece alguém que ressona e não deixa mais ninguém dormir descansado/a em casa?

Acorda cansado/a todas as manhãs?

Sabia que a ingestão de bebidas alcoólicas pode agravar os quadros de roncopatia (ressonar)?

Este texto que partilho consigo é um alerta para as pessoas que querem parar de ressonar e começar a dormir melhor. Vai sentir-se mais bem-disposto/a e humorado/a e claro, mais focado/a nos seus objetivos e produtivo/a.

Saiba como alterar o consumo de bebidas alcoólicas pode ajudar a conseguir esta melhoria na qualidade do seu sono, a partir de agora!

Mas afinal como é que a ingestão de bebidas alcoólicas se associa ao tão incomodativo ressonar?

Ressonar

É comum que as pessoas se sintam mais relaxadas após ingerirem bebidas alcoólicas. Esse efeito também é sentido pelos músculos da garganta, que ficam relaxados e podem obstruir o canal de passagem do ar. O ressonar é o resultado dessa obstrução, sendo causado pela vibração que ocorre quando o ar percorre as vias aéreas bloqueadas, ou seja, o ressonar é o som originado pela vibração do palato (céu da boca) e das paredes da faringe.

Como se isto não fosse já, suficientemente, desagradável, a ingestão de bebidas alcoólicas também interfere na qualidade do sono!

Um estudo científico conduzido no Centro do Sono de Londres revelou que o álcool altera o ciclo do sono e impede que a pessoa tenha uma boa noite de descanso.

Tudo acontece assim: primeiro o consumo de bebidas alcoólicas faz com que a pessoa adormeça muito mais rapidamente, alcançando fases do sono mais profundas em menos tempo. Quando a pessoa atinge a fase de sono REM, o álcool age reduzindo significativamente o período em que a pessoa passa por essa fase. Esta redução do período de sono REM impede que consiga descansar e ter um sono repousante, uma vez que o sono REM é a fase mais importante para a reparação do corpo.

Mas há mais! Quando a pessoa ingere bebidas alcoólicas, o corpo passa por um processo de desidratação. Tal ocorre porque o corpo tenta eliminar o álcool do mesmo modo como elimina outras toxinas, através dos rins e da bexiga. É por isso que quando ingere bebidas alcoólicas pode acordar mais vezes durante a noite para urinar, o que fragmenta o sono e, certamente, fará com que se sinta desidratado/a e exausto/a na manhã seguinte.

Chegado aqui já deve estar a questionar-se:

“Então tenho de deixar de beber? Mas eu até gosto de beber uns copos com os amigos ao fim-de-semana ou ao final do dia. Vou, mas é parar de ler isto!”.

Calma! Moderação é a palavra-chave para que consigamos manter um estilo de vida saudável. O mesmo se aplica ao consumo de bebidas alcoólicas.

Deixo aqui algumas sugestões de medidas simples e poderosas que pode adotar para melhorar a qualidade do seu sono, se consumir bebidas alcoólicas:

  • Reduzir a quantidade de álcool ingerida;
  • Beber dois copos de água por cada copo de bebida alcoólica ingerida;
  • Acompanhar a ingestão de bebidas alcoólicas com a ingestão de alimentos;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas cerca de duas horas antes de dormir.

E não se esqueça, durma bem, pratique alguma atividade física, faça escolhas alimentares saudáveis, vigie a sua saúde e tire tempo para si de modo a conseguir realizar atividades de lazer que lhe dão prazer. Todas estas dicas vão contribuir para atingir e manter um estilo de vida mais saudável.

Caso queira deixar de beber ou já tenha tentado e não tenha conseguido procure a ajuda de um profissional de saúde. Um médico ou um psicólogo podem ajudar.