fbpx

Há sensivelmente um ano que o mundo sofreu uma reviravolta. A vida, tal e qual como a conhecíamos, alterou-se completamente. E, de repente, foi necessário que nos adaptássemos. Deixámos de sair tanto quanto gostaríamos e, a presença nos compromissos para os quais teríamos de nos deslocar, passou a ser marcada a partir da comodidade da nossa casa.

Vai daí, a mesa da cozinha virou o nosso restaurante preferido, a mesa da sala virou escritório e até o sofá virou shopping…

As empresas tiveram de se reinventar e, a maioria, adotou o teletrabalho. Por conseguinte, todas as atividades que antes eram presenciais passaram a ser virtuais, e nós, no conforto da nossa casa passámos também a ficar mais confortáveis. Assim, e porque ninguém vê, começámos a trocar os sapatos pelas pantufas, e depois as calças de fato pelas de fato de treino, e assim sucessivamente.

Mas será que isto causou algum impacto na nossa vida? Será mesmo que “ninguém vê”?

Algures no ecrã, temos o nosso pequeno espaço e, sim, do outro lado alguém está a ver. Vão reparar que temos a camisa amarrotada, que estamos despenteados ou, com umas grandes olheiras… Ao descurar a nossa imagem pessoal estamos a colocar em risco tanto a nossa credibilidade como a nossa reputação.

Assim, é muito importante que a nossa imagem não seja colocada em segundo plano. O cabelo, a barba, as unhas e o vestuário devem continuar a respeitar aquilo que seria o nosso dia-a-dia. É claro que podemos trocar os sapatos pelas pantufas, nesse aspeto todos concordamos! E até podemos trocar uma ou outra peça por algo mais confortável, mas, que ainda assim reflita o código de vestuário da empresa.

Contudo, à vontade não é à vontadinha, e o pijama não entra nesta lista! Apesar ser uma enorme tentação, principalmente em dias em que não se tem reuniões agendadas, esta indumentária compromete seriamente a motivação, o rendimento e o humor, além de que poderá surgir algo inesperado, para o qual não teremos tempo de nos preparar adequadamente. Todos os pormenores contam, e neste (quase) novo contexto de trabalho, as cores e os acessórios são, também, os nossos grandes aliados para sobressairmos.