fbpx

A ética empresarial no seio das Organizações, entre os colaboradores e nas relações destes com todos os demais parceiros e agentes, é crucial para o sucesso das empresas, assegurando a confiança e a transparência indispensáveis ao cumprimento da missão e dos valores defendidos pelas Organizações.

Nos últimos anos temos assistido a mudanças drásticas no nosso quotidiano, decorrentes dos avanços tecnológicos que nos tornaram numa sociedade global.

As novas tecnologias estão agora à disposição das massas, com o uso generalizado do telemóvel, do computador e outros tantos equipamentos portáteis de ligação à internet, permitindo trocas massivas de informação e facilidades na comunicação a custos muito reduzidos.

Estas trocas de informação massiva e os meios tecnológicos à disposição permitem esbater as assimetrias económicas e civilizacionais existentes.

A preparação das Organizações para o uso adequado das novas tecnologias, suas potencialidades, e, os riscos que lhes estão inerentes, levam-nos a considerar os aspetos éticos e vantajosos de tal utilização, num exercício efetivo de cidadania digital, consciente e crítica.

O conhecimento dos meios e da eficácia da comunicação entre Organizações e Cidadãos com acesso aos meios digitais, de modo ético e positivo, constitui-se como um saber diferenciador, revelador de maturidade e de elevada competência técnica de todos os envolvidos, levando-nos a um novo patamar na otimização dos recursos disponíveis.

O uso dos meios digitais e das redes sociais, com regras éticas, de forma consciente e responsável, são aspetos a considerar e a incluir nos Regulamentos Internos e nos Códigos de Conduta das Organizações, vinculando a todos os envolvidos e determinando um impacto positivo considerável nos resultados visados pelas Organizações.