fbpx

Isto pode ser pior do que não usar máscara!

Usar máscara deixou de ser um hábito estranho que acontecia apenas do outro lado do mundo por causa da poluição, para passar a ser um hábito diário de todos nós. Colocar, retirar e guardar a máscara ou descartá-la são gestos que já fazem parte da nossa rotina e, portanto, já todos sabemos como devemos fazê-los em segurança. Ou talvez não!

Para além disso, por todo o lado temos folhetos, imagens e explicações sobre como colocar e retirar a máscara em segurança e, também sabemos que a máscara deve ser retirada tocando apenas nos elásticos, trocada no máximo a cada 4 horas ou substituída sempre que esteja húmida ou suja.

No entanto, se estivermos atentos e observarmos os outros nestas rotinas constataremos vários factos:

  • Uso da mesma máscara durante todo o dia ou por vários dias, sem a sua substituição;
  • Coçar o nariz com a máscara colocada;
  • Máscara no Bolso Ao retirar a máscara, dobrá-la com muito cuidado e:
    • Colocá-la dentro do bolso, na carteira, na mala;
    • Deixá-la em cima da mesa de trabalho, do almoço;
  • Não higienizar as mãos antes e após colocar, retirar e guardar a máscara;
  • Não higienizar os espaços onde a máscara foi guardada.

Estes pequenos gestos, sendo inconscientes, acontecem sem nos apercebermos, aumentando o risco de contágio de forma significativa.

O que podemos fazer, sabendo que são gestos automáticos?

Guardar a máscara dentro de um saco de plástico ou de papel ou utilizar 2 folhas de papel, por exemplo: colocar a 1ª folha em cima da mesa, colocar a máscara em cima e colocar a 2ª folha por cima da máscara, quando for utilizar novamente a máscara, embrulhar o papel e descartar.

E, em todos os casos, antes e depois… Higienizar as mãos!