fbpx

A 1 de junho de 2016 entrava em vigor o Sistema de Carta por Pontos, aprovado pela Lei n.º 116/2015, de 28 de agosto.

Decorridos meia dúzia de anos, os resultados não se mostram tão positivos como o expectado, pelo menos por comparação dos primeiros anos com o último ano em análise (1 de junho de 2021 e 31 de maio de 2022), apesar de reconhecido por parte dos condutores, como um sistema útil na prevenção e sensibilização para uma condução segura e, na redução da sinistralidade, tendo em conta as consequências que comportamentos de risco podem acarretar.

Contudo, os números não são animadores e mostram-nos uma subida da negligência por parte dos condutores, tendo havido um aumento de subtração de pontos em 49%, só no último ano, face aos cinco anos anteriores e, um número de condutores que viram o seu título de condução cassado que ronda os 614, também no último ano, representando assim um aumento de 41% em relação os cinco anteriores.

Consulta o balanço da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária aqui e, fica a par dos pormenores.