fbpx

De acordo com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, a Sinistralidade em Portugal apresenta números mais baixos, relativamente ao mesmo período de 2019. Esta análise é feita tendo por base os meses de janeiro a junho e, por decisão da Comissão Europeia, devido à pandemia causada pela Covid-19, considerou-se o ano de 2019, pela semelhança de circunstâncias.

Assim, foram registados menos acidentes, uma percentagem que ronda os -11,2%, bem como uma redução de vítimas mortais, feridos graves e leves.

Contudo, se tivermos como referência o mesmo período do ano imediatamente anterior, estes mesmos indicadores mostram-nos um exponencial aumento, por exemplo, do número de acidentes em 24,2%. De salientar que, de janeiro a junho de 2021 ainda se viviam períodos de alguma restrição de circulação no nosso país.

Para saberes mais sobre a sinistralidade em Portugal consulta aqui o relatório mais recente e, explora o site da ANSR para outras informações como a Visão Zero 2030Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária 2021-2030.